Menu

Resenha - Carta de amor aos mortos

Parabéns a nós leitores \o/, hoje pra quem não sabe é dia do leitor, espero que esse ano seja de muito livros pra nós e é claro dinheiro pra poder compra-los haha'
'' Alguns livros devem ser degustados, outros são devorados. Apenas poucos são mastigados e digeridos totalmente. ''- Cornélia Funke  

Então vamos a primeira resenha do blog: Carta de amor aos mortos.



Querido leitor,

Tudo começa quando a professora de inglês de Laurel pede uma tarefa simples: escrever uma carta a um ídolo, ela então começa a escrever cartas a Kurt Cobain, Amy Winehouse, Amelia amelia Earhart, entre vários outros.

Laurel tem que lidar com a dor da perda da irmã, a culpa que sente, e os fantasmas daquela noite, a partida da mãe, e momentos que ela fala sobre isso, queremos abraça-la, protege-la. Ava faz com que sentimos a perda de May, junto com Laurel. Quando soubemos o que aconteceu com May, parece que estávamos ali, com elas.

Ela acaba fazendo amizade com Hannah e Natalie, amigas que estão cm ela em todos os momentos, amigas que se gostam de um jeito diferente. Ela também conhece Sky, o garoto misterioso, que aos poucos conquistou Laurel.

É muito difícil falar sobre esse livro, porque não consigo expressar o quanto eu gostei. Depois de tanto tempo babando no livro, resolvi comprar e ler, e com certeza abri meu ano de 2015 do melhor jeito.

Logo, o caderno de laurel esta cheio de cartas, e ela sequer entrega a professora lição que acabou lhe ajudando a desabafar, digamos assim. Já que Laurel não se abria com ninguém, ela conseguia dizer apenas o que sentia, o que passou, o que pensava, a pessoas que ela admirava. Mas ela acaba aprendendo que uma hora ou outra, ela precisa contar a alguém o que aconteceu, ela precisa se abrir, e não com as cartas.

'' Todos nós queremos ser alguém, mas temos medo de descobrir que não somos tão bons quanto todo mundo imagina que somos.'' 

Na minha opinião, May que sempre dizia que iria sempre cuidar de Laurel, foi a pessoa que a mais machucou. Laurel a admirava tanto que achava que a irmã não tinha defeitos, ou ate mesmo problemas. A mãe de Laurel foi outra pessoa que também a machucou demais, após a morte da irmã, sua mãe muda pra California, fazendo com que Laurel fique com o pai, e com os fantasmas do passado e com a sua tia Amy.

Espero que eu tenha conseguido passar para vocês um pouco sobre o que senti em relação o livro. Sei que não consegui expressar metade do que senti, mas leiam! Não irão se arrepender, prometo. O livro é muito mais que drama, mostra a busca de Laurel por ela mesmo. Espero que que sintam o mesmo que senti ao terminar esse livro.

Só chorei ao terminar dois livros: As vantagens de ser invisivel e carta de amor aos mortos.Não chorei porque o final é triste, e sim, porque foram livros maravilhosos, que eu não queria que acabasse. Me arrependo apenas de não ter lido esse livo antes!E você, que está lendo, deveria ler o mais rápido possível!






Com amor,

 Amanda.



6 comentários:

  1. Oi! adoro blog de livros! Achei sua resenha bastante inspiradora e agora também quero ler o livro! Arrasou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, não irá se arrepender!Volte sempre <3

      Excluir
  2. Adorei a resenha!
    Já quero ler esse livro, já está na minha lista de livros para ler..
    XOXO
    bruvaz.wix.com/lindaeinteligente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada <3, com certeza irá amar o livro tanto quanto eu! Volte sempre <3

      Excluir
  3. Nossa parece ser ótimo esse livro... adorei a resenha!
    Bjuss

    http://juquase30.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é maravilhoso, não deixe de ler, com certeza vai sentir o mesmo que eu. Obrigada, volte sempre que quiser <3

      Excluir